Aristóteles de estagira desenvolveu a lógica, ferramenta básica do raciocínio, concepção da realidade, os dados captados pelos sentidos constituem a existência do ser. O conhecimento tem de evoluir do individual para o universal. Só existe ciência do Universal. A indução é o processo Básico do conhecimento científico concepção do ser. A potência representa as possibilidades do ser, sua capacidade de vir e ser. Teoria da causalidade distingue quatro tipos de causas: material, formal, eficiente e final. A causa final comanda o movimento da realidade passagem da potência para o ato. Definição de homem: Ser racional, cuja essência é pensar. Virtude é o meio termo entre o excesso e a falta de um atributo qualquer.

Os quatro tipos de causas segundo Aritóteles.

* Causa material- refere-se a matéria de que a coisa é feita a coisa. Ex: O mármore usado na confecção de uma estátua.

* Causa formal- refere-se a forma a natureza especifica. Ex: Uma estátua de homem e não de cavalo.

* Causa eficiente- refere-se ao agente que produziu diretamente a coisa. Ex: O escultor que fez a estátua.

*Causa final- refere-se ao objeto, a intenção a finalidade. Ex: O escultor tinha como finalidade exaltar o soldado

Aritóteles


Aristóteles