É um conceito que surgiu mais força no século XIX, é uma experiência positiva no primeiro momento, é uma experiência de irmandade das nações e não de luta entre nações. Um tempo depois apresenta-se na sua vertente extremista, chamada nacionalismo, que está presente no Nazismo e Comunismo.
É como um sentimento de pertencimento a um país, partilhado por um grupo de pessoas. Diferente do nacionalismo, porque este sobrepõe a Identidade Nacional às outras Indentidades coletivas com a religião.
Ela é uma das ideias provocantes do Liberalismo(promove a igualdade entre as pessoas).