Diziam que ela era filósofa Alemã, mas ela preferia pensadora. Nas de uma familia judia e desde pequena se interessava pelos estudos de literatura, teologia, depois filosofia.
Estudou com Martin Heidegger e com Karl Jaspers, teve influência deles mas ela desenvolveu um pensamento próprio ao longo de sua obra, que procura articular a reflexão sobre política, técnica, ética, trabalho e a própria atividade intelectual da reflexão. Em 1933 ela fugiu para a França e depois para os Estados Unidos, onde deu cursos e conferência em diversas universidades. Algumas de suas obras são: A condição humana, entre o passado e o futuro, as origens da totalidade, crises da repúblicas e a vida do espirito.