Era um pintor francês. Seu pai era funcionário público, era um homem solitário e esta característica seria herdada por Seurat. Se ingressou na Escola Superior de Belas Artes de Paris em 1877, onde visitaria o Museu do Louvre, seria aluno de um discipulo de Jean Auguste Dominique Ingres e sofria fortes influências de Rembradt, Francisco Goya e Puvis de Chavannes.
Ele foi interrompido por um ano por causa de alguns motivos de serviço militar na base de Brest, mas lá ele fez numerosos esboços de barcos de praia e do mar.
Em 1880 ele se torna Mestre em Paris, inspirado pela obra de Michel Eugine Chevreul.
Imagem de Seurat
Obra de Seurrat