Foi padre dominíaco, teólogo distinto expoente da escolástica. ele nasceu em familia nobre em 1225 no castelo de roccasecca no reino de Nápoles, seu pai era o conde de Landulfo d’Aquino.
Quando ele tinha 5 anos seu pai o internou no mosteiro do Monte Cassino,foi educado lá, a sua familia estava a espera que viesse a ser beneditino e manifestava a esperança de vê-lo como um futuro abade, que era uma condição de muito prestígio e poder.
Aos 19 anos entrou na ordem fundada por São Domingos de Gusmão, estudou filosofia em Nápoles e depois em Paris, onde se dedicou ao ensino e ao estudo de questões filosóficas e teológicas. Estudou teologia em Colônia e em Paris se tornou discípulo de Santo Alberto Magno que o “descobriu” e se impressionou com a sua inteligência. Por este tempo foi apelidado de “boi mudo”.